Sua arma são as palavras

Malala2

Nascida no Paquistão, Malala Yusufzai, hoje com 16 anos, ficou conhecida por seu ativismo em favor dos direitos das mulheres, especialmente quando o Taliban proibiu a frequência escolar de meninas. Aos 13 anos, conquistou milhares de seguidores através de um blog para a BBC, onde narrava sua vida sob o regime do Tehrik-i-Taliban Pakistan (TTP) e as tentativas de recuperar o controle do vale após a ocupação militar que obrigou-os a ir para as áreas rurais. Nessa época ela usava um pseudônimo. Sua identidade real tornou-se conhecida com um documentário produzido pelo “The New York Times” no mesmo ano. Malala ganhou prêmios e conseguiu das autoridades melhorias para as escolas da região. Em dezembro de 2011, recebeu do primeiro-ministro Yousaf Paza Gilano o Prêmio Nacional da Paz –rebatizado com seu nome–, assim como o colégio onde estuda. Na cerimônia, revelou o desejo de formar um partido político para defender a educação. A revista Time a nomeou, em abril passado, como uma das pessoas mais influentes de 2013. Malala agora é considerada uma forte candidata ao prêmio Nobel da Paz e Ban Ki-Moon, o secretário-geral da ONU, anunciou que irá celebrar o Dia de Malala em 10 de novembro.

beautiful Malala Yousafzai (2)

Em 9 de outubro de 2012 foi baleada no crânio durante um ataque contra o ônibus escolar no qual a levava para o colégio. A TTP assumiu o ataque e deixou claro, no entanto, que ela continua sendo um alvo. Em 15 de outubro 2012 foi transferida para o hospital Queen Elizabeth, na Inglaterra para continuar a recuperação após ser operada. Malala só deixou o hospital após quase 3 meses de internação. No mês passado, ela fez uma operação para reconstruir o crânio e restaurar a audição.

A história de vida dela será publicada em setembro deste ano. O livro entitulado “Eu sou Malala” valeu um acordo de 2 milhões de libras (R$ 6 milhões), segundo o jornal britânico “The Guardian”.

“Espero que este livro atinja as pessoas em todo o mundo, de modo que elas percebam o quanto é difícil para algumas crianças ter acesso à educação”, diz a menina que já carrega o peso da vida sofrida de uma mulher madura.

original_photo_1373640909179-2-0

Abaixo seguem algumas falas de Malala, que se apresentou pela primeira vez desde o atentado no dia 11 de julho de 2013. Vestindo um véu rosa e um xale que pertenceram à líder paquistanesa assassinada Benazir Bhutto, essa menina que parece não se intimidar com nada, discursou para grandes líderes do mundo todo e foi aplaudida de pé.

“Eles pensaram que a bala iria me silenciar, mas fracassaram”.

“Os terroristas pensaram que eles mudariam meus objetivos e interromperiam minhas ambições, mas nada mudou na minha vida, à exceção disto: a fraqueza, o medo e a ausência de esperança morreram. A força, o poder e a coragem nasceram”.

malala yousafzai in UK

“Eu quero educação para os filhos e filhas dos talibãs e de todos os terroristas e extremistas. Eu não odeio nem mesmo o talibã que atirou em mim. Mesmo que houvesse uma arma na minha mão e ele ficasse na minha frente, eu não atiraria nele”.

“Deixem-nos pegar nossos livros e canetas. Eles são nossa arma mais poderosa. Uma criança, um professor, uma caneta e um livro podem mudar o mundo. Educação é a única solução”.

“Não posso acreditar em quanto amor as pessoas demonstraram por mim. Recebi milhares de cartões e presentes de todo o mundo. Obrigada por todos eles. Obrigada às crianças cujas palavras inocentes me encorajaram”.

beautiful Malala Yousafzai (8)

As Nações Unidas estimam que 57 milhões de crianças em idade escolar primária não têm acesso à educação – metade delas em países em conflito, como a Síria. Estudantes e professores de todo o mundo são intimidados e perseguidos, feridos, estuprados e até mortos. Escolas são queimadas, bombardeadas e destruídas.

Segue o link com a gravação do discurso de Malala http://tune.pk/video/148981/MALALA

Você gostou desse post? Clique na imagem abaixo e leia também outras notícias lançadas sobre a ONU

arco iris

Curta também nossa fan page no facebook:https://www.facebook.com/SonhosEmMosaico

Anúncios

2 pensamentos sobre “Sua arma são as palavras

  1. Pingback: É sua Culpa! Mais de 2 milhões de visualizações em uma semana | Sonhos em Mosaico

Seja você uma parte desse mosaico. Compartilhe suas impressões, sentimentos e opiniões aqui.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s